terça-feira, 5 de Abril de 2011

Substitutos de Refeições = Refeições?

Com a chegada do Verão, as preocupações com o corpo e com o peso são maiores. Associada a esta preocupação, encontra-se a impaciência de ver resultados. O que faz com que muitas vezes as pessoas recorram às chamadas dietas rápidas, com redução drástica de energia. Para isso, barras, batidos, cremes e sopas com os mais variados sabores garantem sucesso nesta dura frente de batalha. Contudo, perder peso não consiste unicamente na perda de quilogramas, mas sim numa perda de peso resultante de perda de massa gorda e não de massa muscular e água, como acontece aquando de uma redução drástica de energia ou através da introdução de substitutos de refeições.
Segundo um estudo efectuado pela  DECO, a respeito de um conjunto de marcas de substitutos de refeições, verificou-se que estes substitutos "aconselham reduções calóricas elevadas, sendo ricos em açúcar, podendo ser perigosos se consumidos por longos períodos. Alguns dizem substituir, pelo menos, uma refeição. Outros reclamam-se alternativa a todas. Mas não são a forma ideal de emagrecer."
O estudo feito pela DECO, chega mesmo a mencionar um conjunto de características que promovem um desequilíbrio nutricional, nomeadamente:
  • Muitos produtos fornecem 200 kcal por dose. Como um adulto precisa, em média, de 600 kcal por refeição, o corte proposto é de 400, valor excessivo, sobretudo se forem substituídas duas refeições principais.
  • O teor em proteínas é elevado e muitos produtos contêm também grande quantidade de gorduras saturadas, com impacto negativo na saúde. Outros abusam das vitaminas A, D e E. Por serem lipossolúveis, são armazenadas no organismo e, em grandes quantidades, podem ser prejudiciais.
  • No geral, os substitutos não são ricos em fibra. Alguns contêm mais de 45% da dose diária recomendada de sódio e cálcio.
  • Os hidratos de carbono devem ser a principal fonte de energia numa dieta (mínimo de 50%), incluindo de emagrecimento. Prefira os de absorção lenta, como o amido, e não rápida, como o açúcar. Este não deve representar mais de 30 g diários. Os teores em hidratos de carbono não satisfazem as necessidades diárias. Já os açúcares, muito elevados, variam entre 50 e 99% do total de hidratos de carbono.
Concluindo, prefira uma alimentação adequada, com várias refeições por dia, com alimentos naturais, pouco calóricos e ricos em nutrientes.  É verdade que os substitutos de refeições são alimentos produzidos de forma a reduzir o valor calórico da energia ingerida durante o dia. Contudo, como foi verificado neste estudo, estes "alimentos" são ricos em açúcar e calorias, tornando a sua alimentação desequilibrada a nível  nutricional. Este desequilíbrio poderá levar a outras complicações para a sua saúde.
Mais informações em www.deco.proteste.pt

6 comentários:

  1. Os "shakes" são bons, ou fazem mal a saúde?

    ResponderEliminar
  2. Caro(a) Sr.(a),

    Os chamados "shakes" são os chamados substitutos de refeições com menor teor de calorias. Contudo, o problema destes produtos é que, na maioria das vezes, não oferecem os nutrientes necessários e que devem estar incluídos na refeição a ser substituída por tal produto. Daí ser mais importante reduzir a ingestão calórica, optando por alimentos saudáveis e saborosos, também eles menos calórico,e uma prática de actividade física regular, do que o consumo exclusivo destes produtos.

    Cumprimentos
    Ana Vaz Nutricionista

    ResponderEliminar
  3. Boa Tarde
    Sou estudante (universitário) e gostava ter tempo para puder cuidar mais do meu corpo, mas infelizmente não consigo te-lo. Tenho uns 20 quilos a mais (29,28 de IMC sendo que tenho um "esqueleto" bastante forte). Gostava de saber que alimentos me podem ajudar a continuar a ter ou até melhorar o meu desempenho nos meus estudos e conseguir emagrecer. Gostava de não perder massa muscular mas sim massa gorda.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá André Pires.
      Eu já falei desse tema muitas vezes aqui no blogue. Podes encontrar diversas dicas nos seguintes links:
      http://anavaz-nutricionista.blogspot.pt/2011/06/alimentacao-em-epoca-de-exames.html

      http://anavaz-nutricionista.blogspot.pt/search/label/Dicas%20Alimenta%C3%A7%C3%A3o%20Saud%C3%A1vel

      http://anavaz-nutricionista.blogspot.pt/search/label/Emagrecimento

      Espero que ajude.

      Atenciosamente

      Ana Vaz

      Eliminar
  4. Olá Ana. Tenho um horário de trabalho especial que me deixa pouco tempo na hora de almoço e pensei substituir esta refeição por um batido destes, um substituto de refeição. A outra solução que tenho tomado é comer uma sandes e um sumo. Tem alguma sugestão de marca de batidos? Quais os melhores do mercado? Ou tem alguma sugestão melhor? Obg. Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como pode ver pelo artigo, os substitutos não são a melhor opção... o ideal será fazer uma refeição mais rápida mas com todos os nutrientes e saudável. Por exemplo, um pão de cereais com alface, tomate, cenoura e carne assada magra do tamanho da palma de uma mão é rápido, saudável e saciante. Nesta refeição vamos ter os hidratos de carbono complexos sob a forma do pão de cereais, os legumes com a salada e a porção proteica com a carne assada. A acompanhar pode beber um sumo de fruta natural ou néctar e aqui temos a fruta. Assim fez uma alimentação nutricionalmente completa.

      Eliminar