segunda-feira, 11 de Abril de 2011

Qual o melhor peixe? Qual a melhor confecção?

Existem diversos tipos de peixe, podendo ser divididos em duas categorias, segundo: 
  • o tipo de carne: nos de carne firme, esta é mais sólida mantendo-se bem húmida , o que faz com que suporte a maior parte dos métodos de cozedura;
  • o tipo de gordura: os peixes gordos apresentam a gordura distribuída por toda a carne, enquanto os peixes brancos apenas armazenam a gordura no fígado. 
De entre os peixes Magros temos vários exemplos: Badejo, Carapau, Carpa, Corvina, Dourada, Garoupa, Goraz, Linguado, Peixe Espada, Pescada, Robalo, Salmonete,Tamboril,Truta, entre outros. Sendo os mais saudáveis para serem consumidos. No que diz respeito aos peixes Gordos, temos como exemplos: Anchovas, Arenque, Atum, Cavala, Cherne, Enguia, Lampreia, Moreia, Salmão, Sarda, Sardinha, Savél. 
 
Independentemente do tipo de peixe a ser usado, este é sempre uma óptima opção para a ementa do almoço e/ou do jantar. Contudo, cada método de confecção é mais adequado do que outro para alguns peixes. E hoje deixamo-vos os melhores peixes para cada método de confecção:
  1. Para assar um peixe inteiro num líquido a 170-190ºC, temos como exemplos o robalo, sargo, o pargo, o peixe vermelho;
  2. Para grelhar na chapa ou grelha, os peixes gordos e grandes são os mais convenientes, tais como o salmão, a sardinha ou a cavala. Um peixe magro fica extremamente seco, contudo pode optar por uma marinada antes da cocção ou untar com uma gordura, de modo a ficar mais suculento;
  3. Para estufar o ideal são peixes mais magros e de sabor não muito forte, para que o sabor de todos os peixes possa ser saboreado; 
  4. A fritura é ideal para peixes mais achatados como a solha. A adição de pão ralado irá fazer com que a fritura crie uma crosta protectora e a carne fique mais macia e húmida.

1 comentário:

  1. Muito bom Ana,gostaria de mais comentarios seus sobre essa materia,abç.

    ResponderEliminar